As informações sobre o módulo Adestrador Sistêmico, são apresentadas para os alunos inscritos no Starter Módulo e reapresentadas no Módulo Treinador Técnico Praticante.

Rua Fernandes Carlos Beetz, 460,  Águas Claras Piraquara - Paraná

Telefone:         (41) 3589-6019

Cel:                        987305824

email: curitibaadestramento@gmail.com

As informações sobre este módulo, são apresentadas para os alunos inscritos no Starter Módulo e reapresentadas no Módulo Treinador Técnico Praticante.

Adestramento Sistêmico
Tendo como base o relacionamento de confiança com o cão

 

adestrador sistêmico - a melhor abordagem em adestramento e comportamento canino


O Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança é definido como o estudo da estrutura da experiência subjetiva canina, o que pode ser deduzido e predito por ela já que se crê que todo o comportamento tem uma estrutura.

Pessoas como Ivan Balabanov, Mia Skogster, Peter Scherk, Mario Verslejip  e tantos outros campeões mundiais de adestramento, tiveram resultados espantosos com muitos dos seus cães.  A partir dos seus padrões e métodos de treinamento, e também norteado por várias pesquisas científicas ligadas aos aspectos comportamentais, Aguinaldo Diniz, Trainer NLP desde 2005 construiu novos modelos.  Aguinaldo Diniz, então, aplicou tais modelos de treinamento em seu trabalho com cães, levando um cão submisso ao nível FH 1, IPO3, e ainda competindo com os renomados treinadores nacionais, conquistando várias vezes o melhor faro, uma vez a melhor obediência, duas vezes 3º colocado geral em campeonatos nacionais, garantiu uma vaga para representar o Brasil em um campeonato Mundial e 1º lugar interraças pelo Clube Brasileiro do Pastor Alemão em 2016, tudo isso, sendo julgado por juízes internacionais.

É possível predizer e deduzir os modelos de treinamento pois são formais e porque estes modelos são formais eles também permitem predição e dedução. Padrões que podem não ter estado disponíveis em qualquer dos modelos anteriores podem agora ser construídos, a partir do Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança que o Trainer NLP Aguinaldo Diniz desenvolveu. Novas técnicas e modelos foram (e seguem sendo) desenvolvidos. Estilos de comportamentos foram catalogados, testes foram feitos e métodos de treino criados para facilitar a comunicação em cada um dos níveis comportamentais.

Desde que os modelos que constituem o Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança descrevem como o cérebro canino funciona; eles têm sido usados para ensinar a fazê-lo funcionar melhor, trazendo uma obediência permanente e também, a possibilidade de reestruturar o comportamento do cão. O Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança não é um instrumento de diagnóstico, mas pode ser utilizado para tal. Ele só pode ser aplicada e só pode, portanto, ser ensinado de forma experimental.

Bem treinados "Adestradores Sistêmicos", como são chamados os praticantes do Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança, sempre ensinarão pela instalação, não por ensinar métodos após métodos. Métodos envelhecem rápido demais para servir de base para o Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança. A base é muito mais uma atitude, os modelos e as capacidades que permitem constante geração de novas técnicas as quais são mais efetivas e funcionam mais rápido.

Para se tornar um “Adestrador Sistêmico”, alguns pré-requisitos são necessários para a evolução e formação.

Em primeiro lugar, se não houver uma incorporação dos modelos apresentados já no STARTER MÓDULO, não há como o pretendente tentar absorver as técnicas do TREINADOR TÉCNICO PRATICANTE, nem seguir avante o nível CONSULTOR SISTÊMICO, o nível mais alto no Adestramento Sistêmico tendo como Base o Relacionamento de Confiança.